um ponto à superfície
.posts recentes

. (Que silêncio; está-se tã...

. Fuma

. O demo, ainda à solta e a...

. O demo anda outra vez à s...

. Os cravos

. Dizem-me todos o mesmo

. Os que ficam com o que ab...

. Agora, não

. Numa mão a espada, na out...

. The Thought Project

.arquivos

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

. Novembro 2003

Quarta-feira, 31 de Março de 2004
Soltar o lastro do coração
Um Muito Bom grande para o concerto do Camané ontem no S. Luiz - e ainda há mais um ou dois que terão lugar nos próximos dias. Tudo aquilo que é preciso para cantar bem, e nada a mais do que o estritamente necessário. Sem floreados para encher o ouvido, sem emoções nem despeitos de faca e alguidar. Um puro. Acrescente-se o contrabaixo aveludado de Carlos Bica, a ondular por trás das guitarras e a vir à tona no belíssimo instrumental da segunda parte. Assim, sim.

Só foi pena a câmara que andava de um lado para o outro numa calha encostada ao palco, com barulhinhos e estalidos capazes de destruir qualquer momento de intimidade. Depois de uma reclamação à equipa de som e luz, no intervalo, parece que pelo menos desistiram de a atirar contra os limites da calha - sempre acabou o 'TROC!' que de dois em dois minutos punha metade da sala em sobressalto.

Já vos disse que o Camané canta mesmo muito bem?
publicado por galinhola às 18:41
link do post | comentar | favorito
|
Almanaque 2004 para o mês de Março: em casa
Recolha cuidadosamente as horas e minutos de sol de cada dia ao longo de todo o mês. Reserve. No último dia de Março, estenda-os sobre um quadrado de erva (pode ser também terra, caso não tenha erva) e deite-se sobre eles com cuidado para não agitar. Aguarde uns minutos e saboreie a sua primeira sesta ao ar livre do ano. Repita até terminar (entretanto, Abril está a caminho).
publicado por galinhola às 17:22
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 30 de Março de 2004
Toponímia de Verão
Quero acrescentar à lista toponímica do post do Alexandre de 25 de Março o meu preferido: o aeroporto de Figo Maduro. Ai, figos maduros...! Poucas coisas na vida me fazem usar reticências seguidas de ponto de exclamação, é o que posso dizer...!
publicado por galinhola às 17:59
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 27 de Março de 2004
Cinco anjos para o milénio

© Kira Perov

Bill Viola, Five Angels for the Millennium - Ascending Angel, 2001.
Video and sound installation

Neste site há um slide show em que se vê Bill Viola a preparar uma instalação.


publicado por galinhola às 23:02
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 26 de Março de 2004
Modo citação: Elizabeth Bishop
A UMA ÁRVORE

Ah!, árvore diante da minha janela, somos parentes,
     pois nada pedes a um amigo a não ser isto:
encostares-te à janela e espreitar para dentro
     e ver-me andar por ali! Benção que é suficiente

para mim, que decidi ficar por detrás do caixilho,
     cheia das minhas pequenas tragédias e grotescos desgostos,
para me encostar à janela e espreitar lá para fora,
     admirando as infinitésimas folhas.


(Poemas de Marianne Moore e Elizabeth Bishop, trad. de Maria de Lourdes Guimarães, ed. Campo das Letras)
publicado por galinhola às 20:08
link do post | comentar | favorito
|
É isto um país católico?!
noivos.gif


Será este o grande segredo das noivas de Santo António?

Faça alguma coisa, Dr. Santana Lopes!
publicado por galinhola às 13:54
link do post | comentar | favorito
|
É isto um país católico?!
noivos.gif


Será este o grande segredo das noivas de Santo António?

Faça alguma coisa, Dr. Santana Lopes!
publicado por galinhola às 13:48
link do post | comentar | favorito
|
O momento certo para abrir os olhos
Depois de ter ontem visto A Atalante, hoje acordei cheia de sede. As minhas gatas estavam sentadas ao pé da porta da varanda, de olhar meio distraído no ninho das andorinhas. São duas, portanto têm quatro olhos e vêem muita coisa ao mesmo tempo.
- Já sei, deixei-me dormir, estão com fome...
Piscaram os olhos.
- Tu sabes qualquer coisa que ainda não nos contaste - disseram.
- Não sei de nada - respondi-lhes, enquanto olhava para a tigela da comida - porque é que vocês deixam sempre sobrar dois ou três biscoitos?
- Tu ontem viste qualquer coisa e não nos queres contar - insistiram.
- Era só um filme.
- Não, não era um filme. Tinha gatos, não tinha?
Encolhi os ombros.
- Sim, e depois?
- Nada, era só para saber...
Bocejámos as três, em cânone.
- Hoje falaste alto durante o sono. Estivemos a escutar atrás da porta.
- Eu nunca falo alto durante o sono.
Olharam uma para a outra.
- O que é que viste no teu sonho?
- Nada. Não sei, não me lembro.
- Queres que te contemos?
- Sim - desafiei-as.
- Água. Uma caixa de música que funcionava com água. E tu estavas lá dentro.
- Não me lembro de nada disso.
- Fizeste uns barulhos... hmm... esquisitos. Depois abriste os olhos. Mas já não estavas debaixo de água, foi quando acordaste.
Abri-lhes a porta. Saíram, olharam para o ninho das andorinhas.
- Deixa lá, também não interessa. Hoje tens de ir trabalhar outra vez, é...?
publicado por galinhola às 13:43
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 23 de Março de 2004
And these are the results of the portuguese jury
Chegou-me à mãos um objecto precioso: a compilação dos vencedores do Festival Eurovisão da Canção, de 1980 a 2003. Apanha, portanto, os louco anos 80, em que o país parava para ouvir 'And here are the results of the italian jury: United Kingdom, 1 point; le Royaume Uni, 1 point'.

Esta compilação inclui os inestimáveis Bucks Fizz, com Making your mind up; Sandra Kim, a tal dos 15 anos (aqui à esquerda), com J'aime la vie; e a própria, a grande diva!, Céline Dion, com Ne partez pas sans moi.

É também sempre grato ver como foi fácil esquecer coisas fantásticas como Insieme: 1992, de Toto Cotugno (aquela em que ele cantava em inglês 'Unite, unite Europe' - lembram-se?), Fangad Av en Stormvind (faltam-me aquelas bolinhas que eles põem em cima do 'a'), duma tal Carola, e tantas mais preciosidades...

Recordar é viver, lá dizia o Vítor Espadinha, e tenho de dar-lhe razão.
publicado por galinhola às 20:17
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Segunda-feira, 22 de Março de 2004
A resposta à sua questão
A secção de perguntas frequentes do portal do Governo não responde à questão essencial: se a culpa é realmente sempre do Governo, ou não.
publicado por galinhola às 18:43
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
.pesquisar
 
.Janeiro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

. Ser catita

blogs SAPO
.subscrever feeds