um ponto à superfície
.posts recentes

. (Que silêncio; está-se tã...

. Fuma

. O demo, ainda à solta e a...

. O demo anda outra vez à s...

. Os cravos

. Dizem-me todos o mesmo

. Os que ficam com o que ab...

. Agora, não

. Numa mão a espada, na out...

. The Thought Project

.arquivos

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

. Novembro 2003

Quinta-feira, 29 de Janeiro de 2004
Duas palavras que se arredondam na mão
Duas palavras, duas, do melhor que já se fez. Duas palavras que podemos segurar na mão ou guardar na boca como anti-stress, para sentirmos o seu sabor devagarinho. As duas designam coisas mágicas, as duas têm a sonoridade perfeita, as duas flutuam quando colocadas num recipiente com água.

Uma italiana - arancia (laranja)
Uma finlandesa - kaksi (dois)

Dá vontade de pedir: kaksi aranci.
publicado por galinhola às 11:47
link do post | comentar | favorito
|
.pesquisar
 
.Janeiro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

. Ser catita

blogs SAPO
.subscrever feeds