um ponto à superfície
.posts recentes

. (Que silêncio; está-se tã...

. Fuma

. O demo, ainda à solta e a...

. O demo anda outra vez à s...

. Os cravos

. Dizem-me todos o mesmo

. Os que ficam com o que ab...

. Agora, não

. Numa mão a espada, na out...

. The Thought Project

.arquivos

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

. Novembro 2003

Segunda-feira, 2 de Fevereiro de 2004
Adriana Varela
Ouvi Adriana Varela pela primeira vez numa compilação, por sinal bastante boa, chamada The Rough Guide to Tango. Bastou ouvir uma ou duas vezes para isolá-la do resto. Tem uma daquelas vozes sul-americanas roucas, sonoras, e canta mesmo (mesmo!) muito bem. Infelizmente, não é nada fácil - mesmo pela net - encontrar CDs dela. Nas lojas, então, nem pensar (mas a loja Mundo da Canção, no Picoas Plaza, consegue arranjar por importação, coisa que demorei quase dois anos a descobrir). Por um golpe de sorte, uns dois meses depois de tê-la ouvido pela primeira vez Adriana Varela deu um concerto no Teatro da Trindade, por ocasião de um festival de tango em Lisboa.

Esta senhora é, na Argentina, um fenómeno. De tal forma que uma das personagens do Quinteto de Buenos Aires, do catalão Montalbán, é a própria Adriana Varela. Para além de tudo o mais, é uma mulher lindíssima.

O site tem alguns mp3 disponíveis na discografia (álbum Cuando el Río Suena), mas já lhe ouvi melhor. Afiche, Cada vez que me recuerdes, Quién hubiera dicho e uma versão fabulosa do Soneto, de Chico Buarque, são, do pouco que lhe conheço, as minhas favoritas. Quando chegarem os meus CDs terei mais por onde escolher, e depois conto.
publicado por galinhola às 08:46
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Anónimo a 4 de Fevereiro de 2004 às 09:42
Bons olhos te vejam! bjgalinhola
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 3 de Fevereiro de 2004 às 22:51
Adriana Varela foi a primeira "cantante" do Outras Vozes, quando eu me dedicava a essas coisas. Aqui: http://www.terravista.pt/Guincho/9311/avarela.htm (http://www.terravista.pt/Guincho/9311/avarela.htm)

Cuando no estás la flor no perfuma./Si tu te vas me envuelve la bruma./El "sorsa", la fuente y las estrellas/pierden para mi su seducción.

beijinho, AnaSandra C.
(http://tempodual.blogspot.com)
(mailto:sandcost@mail.telepac.pt)

Comentar post

.pesquisar
 
.Janeiro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

. Ser catita

blogs SAPO
.subscrever feeds