um ponto à superfície
.posts recentes

. (Que silêncio; está-se tã...

. Fuma

. O demo, ainda à solta e a...

. O demo anda outra vez à s...

. Os cravos

. Dizem-me todos o mesmo

. Os que ficam com o que ab...

. Agora, não

. Numa mão a espada, na out...

. The Thought Project

.arquivos

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

. Novembro 2003

Quarta-feira, 4 de Fevereiro de 2004
Bolas de plasticina, sempre!
No fórum do DVD Mania decorre uma discussão - ou melhor, uma manifestação - contra as crueldades infligidas à crianças por Vasco Granja, na época em que dele dependiam praticamente todos os desenhos animados que passavam na TV. Queixam-se os debatentes de que eram obrigados a ver séries checas feitas com bonecos de plasticina e papel recortado até finalmente lhes ser concedido um ou outro episódio de Looney Tunes ou Pantera Cor-de-Rosa. Confesso que tive um choque quando, há uns quatro anos, descobri que quase ninguém gostava daqueles desenhos animados de Leste, que eu adorava - talvez por serem mais simples para a idade que eu então tinha, não sei.

Porque é que as pessoas não gostam de bolas de plasticina às cores a saltitar? E de coisas sem princípio, meio e fim? Alguma criança sentia ofendida a sua consciência política perante as mensagens subliminares socialisto-revolucionárias naquelas séries, ainda que elas existissem (e não têm os Looney Tunes a sua própria ideologia, também)? Ainda bem que não me apercebi de que era uma ave rara quando tinha aquela idade. E, portanto, aqui fica a minha declaração solene: senhor Vasco Granja, eu gostava muito do seu programa. E tenho sempre plasticina e papéis de várias cores lá por casa.
publicado por galinhola às 13:27
link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De Anónimo a 30 de Novembro de 2004 às 20:08
PUTAmare
(http://dsvgks<)
(mailto:reco@gat.com)
De Anónimo a 6 de Fevereiro de 2004 às 23:12
Vim até aqui guiado pela janela. As pessoas que povoam o forum est
ao perfeitamente integradas no mundo TVI de hoje e por isso não podem nunca gostar do que o VG passava. Claro que ele nunca escondeu a sua filiação partidária fora do ecran(motivo real de muitos ódias na altura), mas no programa os desenhos animados nunca deram vivas ao Lenine ;)

Confesso que prefiro de longe o experimentalismo do Norman McLaren aos filmes do leste que eram um bocado moralistas e hoje não me lembro de nenhum (do Norman lembro!).Mário
</a>
(mailto:retorta@retorta.net)
De Anónimo a 6 de Fevereiro de 2004 às 10:27
Ora bem! Mais vale uma bola de plasticina na mão que um Pikachu a voar.galinhola
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 6 de Fevereiro de 2004 às 10:13
Antes o Granja que o Pokémon. E isto diz tudo.pedro
(http://www.macacos.com)
(mailto:monkey@netvisao.pt)
De Anónimo a 5 de Fevereiro de 2004 às 11:44
Olhó link, olhó link
http://www.animation.cz/ (http://www.animation.cz/)
Já me cruzei com umas criaturas de plasticina :D
Vou explorar e já que meu post foi comido no tal fórum, e porque pequena pesquisa no google revelou que pelo menos mais dois ou três blogs falaram no último mês nas animações que Vasco Granja passava, quando conseguir localizar-me irei postar qualquer coisa na Janela linkando Epicentro.
ohohohoAna A.
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 5 de Fevereiro de 2004 às 11:13
LOL :D Oh pá, não é que postei a msg (preview e publish) e agora não a encontro? E registei-me antes. Não aparece no thread. Era um texto tão franco-achincalhador, que pena >:/Ana A.
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 5 de Fevereiro de 2004 às 09:53
Estão a achincalhar o Vasco!galinhola
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 5 de Fevereiro de 2004 às 09:33
Li o thread agora. Aquilo é uma pouca vergonha, Ana, um atentado ao pudor >:) A mim apetece-me assumir a minha postura de pessoa irritante... Ana A.
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 5 de Fevereiro de 2004 às 09:21
Ah, pois! Já para não falar no facto de que ninguém, nunca mais, usou camisolas de gola alta como ele!
Sinto-me tentada a participar naquela discussão, assumindo a minha postura de pessoa séria :)galinhola
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 5 de Fevereiro de 2004 às 07:28
Bom dia! É um escândalo o que contas. Também eu era fã dos filmes checos. Ainda me lembro da música, qualquer coisa entre o serrote do Delikatessen, pentes com dentes de grossuras variáveis, ecos de latas. Nunca esquecerei um em que uma espinha de peixe navegava entre bolas de plasticina e latas de conserva entreabertas... Tenho de ir ler essa herege discussão. Pobre Granja :D Ana Alves
</a>
(mailto:)

Comentar post

.pesquisar
 
.Janeiro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

. Ser catita

blogs SAPO
.subscrever feeds